Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Saiba mais sobre a Bolsa de Valores

Uma vez, em um vilarejo, apareceu um homem anunciando aos moradores que compraria macacos por R$100,00 cada. Os moradores sabendo que havia muitos macacos na região, foram à floresta e iniciaram a caça aos macacos.

O homem comprou centenas de macacos a R$100,00 e então os moradores diminuíram seus esforços na caça. Aí, o homem anunciou que agora pagaria R$200,00 por cada macaco e os moradores renovaram seus esforços e foram novamente à caça.

Logo, os macacos foram escasseando cada vez mais e os aldeões foram desistindo da busca. A oferta aumentou para R$250,00 e a quantidade de macacos ficou tão pequena que já não havia mais interesse na caça.

O homem então anunciou que agora compraria cada macaco por R$500,00! Entretanto, como iria à cidade grande, deixaria seu assistente cuidando da compra dos macacos.

Na ausência do homem, seu assistente disse aos moradores do vilarejo: Olhe todos estes macacos na jaula que o homem comprou. Eu posso vender por R$350,00 a vocês e quando o homem retornar da cidade, vocês podem vender-lhe por R$500,00 cada.

Os moradores, espertos, pegaram todas as suas economias e compraram todos os macacos do assistente.
Eles nunca mais viram o homem ou seu assistente, somente macacos por todos os lados.

Espero que tenha entendido como funciona o mercado de ações.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

O AMOR PRECISA DE TEMPO


O AMOR PRECISA DE TEMPO
Marcelo Augusto de Carvalho

Êxodo 20.8- “Lembra-te do Sábado para o santificar”.

Qualquer relacionamento, para que exista, cresça e continue exige tempo das pessoas envolvidas. Mas neste tempo em que o tempo não pára, desejamos relacionamentos, mas damos a eles cada vez menos seu devido tempo. E não é diferente para com Deus. Por isto, há tanto tempo, Ele já nos disse: Lembra-te de te encontrares comigo! Há um dia ideal para nos encontrarmos com Ele. Vejamos.

SUA ORIGEM.
1-  É de origem divina. Gên. 2.1-3 e Êxo. 20.8-11.
2-  Foi instituído no Éden- na eternidade. Isa. 66.22-23.
3-  Grande júbilo presidiu a instituição do Sábado. Ao instituí-lo, Deus declarou “muito bom”. TS, vol. 3, pág. 16. Gênesis. 1.31.

É ESPECIAL, QUANTO À:
1-  Sua origem, por ser o primeiro símbolo da comunhão divino-humana disponibilizada para nós.
2-  Sua duração, pois sobreviveu através de toda a história, a despeito das tentativas de destruí-lo.
3-  Sua função, pois serve como símbolo por excelência da eleição divina e da missão do povo de Deus.

É O ÚNICO MANDAMENTO QUE DEMARCA TEMPO. PORQUE DEUS DEMARCOU TEMPO SAGRADO E NÃO LUGAR, OBJETO, CIRCUNSTÂNCIA OU PESSOA SAGRADA PARA SEU CULTO?
1. A coisa sagrada pode ser mais facilmente adorada, pois atrai nossa visão para aquilo que pode ser visto em vez de erguê-la para o que é infinito.
2. Podemos dominar e controlar coisas, mas não podemos controlar  tempo. Por exemplo, não há nada que se possa fazer para impedir que as 5 horas cheguem.
3. Podemos evitar sempre coisas, decidindo apenas não estar onde essas coisas estão. Mas não podemos evitar a chegada do próximo Sábado, pois haverá de vir não importa onde estejamos ou o que estejamos fazendo. Podemos apenas decidir como relacionar-nos com ele; não podemos fugir ou esconder-nos dele.
4. Os seres humanos podem construir coisas; somente Deus pode criar o tempo. Cada minuto que passa é prova da ação divina na criação. Objetos sagrados nos permitem pensar que estamos adorando algo que o homem fez. O tempo sagrado leva-nos a reconhecer a Deus como o único Criador.
5. O Sábado é o tempo para formar amizade com Deus. O elemento mais importante na formação de amizade é o tempo passado junto. Estar em algum lugar junto não é tão importante como passar algum tempo junto onde quer que se esteja.
6. Se Deus tivesse edificado Seu santuário simplesmente como um lugar, as pessoas dirigir-se-iam a esse lugar julgando que por estar ali estariam adorando. Mas Deus quer que Seu povo passe algum tempo com Ele; desse modo Ele edificou Seu santuário com o tempo.
7. O Sábado, como tempo sagrado, vem a todos em termos exatamente iguais. Se Deus houvesse erigido um local sagrado, teria limitado àqueles que vivessem nas proximidades ou àqueles que pudessem viajar até lá ou àqueles que dispusessem de tempo suficiente para viajar até lá. Deus teria sido parcial, nas bençãos disponíveis aos adoradores.
8. O tempo gasto com Deus tem sempre maior impacto quando comparado com o estar meramente em algum lugar sagrado. O próprio Deus é o centro das atenções, e não apenas o lugar ou as coisas. Afinal, a mente imatura sempre se impressiona com algo que apela a seus sentidos físicos- algo grande, brilhante ou caro. (Por isto que para os mundanos, tão carnais, é necessários mega-shows para que se sintam satisfeitos. Para o cristão, qualquer lugar, qualquer simples programação, na qual ele tenha certeza da presença de Deus ali, lhe traz o céu à terra).
9. Durante 6 dias da semana o homem se preocupa com o domínio do mundo físico; no sétimo dia ele permite que o mundo espiritual o domine. O que uma pessoa faz no Sábado (no tempo) dá sentido e propósito a tudo quanto faz durante a semana (com coisas).
10. O tempo gasto com uma pessoa tem o propósito de conhecê-la. O Sábado tem este propósito fundamental na vida cristã e na salvação. Adorá-lo, relacionamento divino-humano, santificação e salvação.
FONTE: Mais semelhantes a Ele, manual do professor, pág. 147, CPB.

POR QUE OBSERVAR O SÁBADO?
1. A Bíblia enfatiza lembrá-lo e guardá-lo. Êxo. 20.8, Deut. 5.12.
2. Porque é um memorial do descanso de Deus depois que terminou de criar o mundo e o homem.
3. Porque este é o dia do Senhor, escolhido por Ele para este fim. Êxo. 20.12.
4. Ele, Deus, nos deixou o exemplo, e espera que o sigamos nesta prática. Gên. 2.1-3.
5. Cristo, quando na Terra, deixou-nos este mesmo exemplo. Luc. 4.16.
6. Os discípulos fizeram o mesmo. Atos 18.3,4,11.
7. Fomos libertos do pecado para observarmos as leis divinas. Deut. 5.15. EX- Israel.
8. Os salvos o farão na Eternidade. Isa. 66.22-23.

O QUE O SÁBADO SIGNIFICA NA VIDA DO HOMEM.
1-  Embora Todos os mandamentos sejam uma dádiva de Deus, o quarto é de modo especial um presente Seu para nós.
2-  É o sinal de Deus com Seu povo. Ezeq. 20.20
Para sabermos que Ele é o Senhor que nos santifica. Êxo. 31.13.
Para reconhecermos que o Senhor Jeová é o nosso Deus. Eze.20.20.
Para distinguir Seu povo na Terra enquanto Cristo não volta.
É um sinal que Deus nos reconhece como Seu povo escolhido.
É o sinal que distingue entre os fiéis e os incrédulos. 
É o sinal de afinidade que existe entre Deus e Seu povo.
3-  É o verdadeiro dia de alívio e libertação- para os animais que descansam, para os sofredores que recebem nossa especial atenção e para nós mesmos.
4-  É o convite de Deus para o equilíbrio entre o trabalho e o descanso, e um antídoto contra a ganância material e indolência profissional (tão naturais na natureza humana). 

COMO GUARDAR O SÁBADO?
1. Lembrar de observá-lo. (Há muitos que se esquecem!)
2. Não Cuidar dos próprios interesses.
3. Não fazer a própria vontade.
4. Não falar palavras impróprias para um momento sagrado.
5. Não trabalhar, comprar, vender, ou marcar negócios para serem feitos na semana.
6. Os filhos (que moram conosco), os empregados, a nossa empresa, os animais, e mesmo os visitantes de nossa casa- TODOS devem observar o Sábado. Deus deseja conceder este dia de descanso à humanidade inteira, e não limitar este direito aos cristãos.
7. Fazer o bem, salvar de um perigo, recuperar a vida, sarar o doente e alimentar os animais- são lícitos no Sábado. Luc. 13.15-16.
8. Não guardar o Sábado de forma legalista como os fariseus (guardar o Sábado para ser salvo), nem tão pouco ser libertino a ponto de desconsiderar este mandamento.
9. Dia para adoração a Deus em Seu templo.
10. Dia para comunhão com nossos irmãos na fé.
11. Dia para aprofundar os relacionamentos familiares.
12. Não assistir TV, programas seculares, fitas de vídeo ou escutar música imprópria para este dia, rádio, assistir aulas e mesmo participar de festas de aniversário, encontros e visitas sociais. TS, vol 2, pág. 181, 182, e vol 3, pág. 23, 26, 357.
13. Deixar os divertimentos seculares para os dias semanais.
14. Evitar viagens durante ou que começem ou terminem no Sábado.
15. Não passar estas sagradas horas na cama. Levantar-se cedo para aproveitar ao máximo estes momentos sagrados.
16. Passear pela natureza, visitar órfãos, doentes e viúvas, pregar o Evangelho.
17. Esquecer o trabalho. É possível voltar do trabalho para casa e carregar consigo o trabalho a ponto de não conseguir descansar. ‘E preciso entrar no descanso.
18. Descansar não é só dormir ou nada fazer. Descansar no Sábado só é possível quando estamos ligados a Deus. 

SEXTA-FEIRA.
O Sábado começa no pôr-do-sol da Sexta-feira e termina no pôr-do-sol do Sábado, como qualquer outro dia. Lev. 23.22, Neem. 13.19.
É o dia de preparação, quando tudo deve estar pronto para que o Sábado seja observado adequadamente.
Toda roupa em ordem, lavada e passada.
Todo alimento cozido.
Sapatos engraxados, banho tomado, casa e cozinha limpa e arrumada.
Minutos antes do Sábado iniciar, toda a família deve estar reunida para cantar, ler a Bíblia e orar, recebendo assim as horas do Sábado. 

BENEFÍCIOS DA OBSERVÂNCIA DO SÁBADO.
1-  Descanso Físico.
a) Não fomos criados só para lutar e trabalhar. Nenhum ser humano sobrevive sem descanso; o homem tem necessidade de uma parada física.
- O descanso físico recompõe as células perdidas nas múltiplas funções do organismo. Muitas delas só se recompõe quando descansamos.
- O descanso é tão importante que Deus o ordenou, lembrou e cobrou do homem que o observasse. Se assim não o fazemos, destruímos esta maravilhosa máquina que é o nosso corpo em muito pouco tempo. Abreviamos seu tempo de utilidade.
- Para que tenhamos qualidade e quantidade de vida (muitos anos, e bem vividos) precisamos de muito descanso- diário: 8 h de sono; semanal- Sábado; anual- as férias; o circunstancial- quando doentes, estafados, pós parto ou operações cirúrgicas e na velhice a aposentadoria.
- EX: neste mundo capitalista que estamos mergulhados, quem descansa parecer ser um “grande preguiçoso”. Mas isto ocorre porque a ganância do homem quer levá-lo a conseguir o que realmente não precisa. Mas veja: um homem com 60 anos de idade, terá dormido em média 20 anos initerruptamente se ajuntarmos todas as horas que ele dormiu (8 h em média por dia). Um terço de nossa vida passamos descansando para que possamos viver razoavelmente.
b) O desejo de obter mais conforto material força as pessoas a trabalharem demais e dormirem muito pouco, sendo que a maioria perde de 60 a 90 minutos por noite em relação ao ideal para o descanso e a saúde.
c) A falta de repouso tem especial perigo para as mães, que vivem em contínua agitação. As mães trabalham em média, mais de 80 horas por semana, cuidando da casa, dos filhos e trabalhando fora. Isto está abreviando a vida da mulher, e ainda formando uma raça fisicamente mais fraca para o futuro.
d) Para quem freqüenta a escola, para quem trabalha, ou cuida dos filhos, para os militares, aposentados, doentes, para todos, a necessidade que é comum a todos é o descanso semanal do Sábado, capaz de enriquecer todas as dimensões da vida. 
2-  Descanso espiritual.
- Cuidado: o programa de atividades da igreja local no dia do Senhor, na maioria das igrejas cristãs desfavorece completamente o descanso físico e espiritual. Culto especiais bem cedo; classe de professores às 8h; Escola Sabatina às 9h; culto divino às 10h30m; comissão da igreja às 14h; ensaio do coral ou do conjunto às 15h30m; programa jovem às 17h; social jovem às 19h. E tudo isto sem falarmos nas visitas missionárias e programas alternativos que assumimos.
- Aí vem o estigma de que quem não participa das atividades é considerado por muitos um “fraco na fé”.
- Com este acúmulo de atividade vem o “stress espiritual”.
- Aí também não sobra tempo para mais nada, inclusive para a relação familiar.
- É preciso haver um bom planejamento eclesiástico como saída para o stress espiritual tão comum hoje em nossos membros de igreja, líderes de nosso povo.
3-  Alegria, deleite e gozo no coração.
a) Pessoas vivem tão envolvidas com o trabalho secular durante os dias úteis que acabam caindo numa verdadeira ressaca nos fins de semana.
- Dor de cabeça, passividade, preguiça, vontade de dormir e glutonaria são sintomas desse problema.
- Um mero legalismo ou medo de Deus não nos levará a guardarmos o Sábado com alegria e prazer no coração.
- Simplesmente observar o Sábado não é suficiente para tudo o que ele envolve em nossa vida.
- É preciso haver um bom planejamento semanal de atividades para que possamos viver bem todos os dias, de forma especial o dia em que vamos falar com Deus.
b) Alguns passam o Sábado contando as horas para que ele termine logo. Se pudessem puxariam o sol para que essas horas tão “chatas” terminassem.
- Talvez ainda lhes falte uma profunda relação com Deus.
- Valorizamos cada segundo que passamos com nossas namoradas porque as amamos muito, e este relacionamento é muito importante para nós.
c) Portanto, o Sábado não é chato ou gostoso por possuir uma boa programação ou não na igreja local. Esta é uma questão pessoal de relacionamento com Deus, pois este é o maior objetivo da guarda do Sábado.
- Se eu não amo a Deus, não me relaciono com Ele durante a semana, o Sábado ser-me-á realmente um fardo pois sinto Seu convite para nos comunicarmos, mas desejo continuar distante dEle como o faço durante a semana.
4-  Contato especial com Deus.
- É dia para meditação, oração, estudo da Bíblia e adoração a Ele. Dificilmente conseguimos tudo isto durante a semana.
- Calvino: o Sábado nos ensina a morrer para nossos próprios gostos e obras, de modo que possamos meditar sobre o reino de Deus.
5-  Enriquece nossa relação familiar.
- “Era o plano de Deus que os membros da família se associassem no trabalho e no estudo, no culto e na recreação, sendo o pai o sacerdote da casa, e pai e mãe os professores e companheiros dos filhos. Mas os resultados do pecado, tendo mudado as condições da vida, impedem em grande parte essa associação. Muitas vezes o pai dificilmente v6e a face dos filhos durante toda a semana. Acha-se quase totalmente privado de oportunidade para companhia ou instrução. O amor de Deus, porém, estabeleceu um limite às exig6encias do trabalho. Sobre o Sábado Ele põe Sua misericordiosa mão. No Seu próprio dia Ele reserva à família a oportunidade da comunhão com Ele, com a natureza, e uns para com os outros”.  Educação, pág. 250 e 251.
- Este deve ser um dia especial em que a família fique unida. (Longe com estes almoços na casa dos irmãos, ou viagens, passeios e programas que nos fazem ficar separados de nossos entes queridos).
6-  Enriquece nossa relação com nossos irmãos na fé.
- Assim foi na relação Jesus com seus discípulos. Luc. 4.16; Marc. 2.
- Assim foi na relação dos discípulos entre si. Atos 18.
- Assim será com todas as comunidades cristãs, pois neste dia nos reunimos para adorar o mesmo Deus, repartir nossa fé, fortalecê-la pelo compartilhar, e formarmos mais uma vez o corpo do Senhor na Terra.
7-  Santificação do caráter.
- Esse é o dia da santificação. Pela contemplação de Seu caráter, pelo relacionamento com Ele, e pela obediência a Seus mandamentos alcançamos mais e mais maior semelhança a Ele.
- Aquele que de coração obedecer ao quarto mandamento, obedecerá toda a lei, e será santificado pela obediência. TS vol 3, pág. 17 e 18.

CONSEQÜÊNCIAS DA QUEBRA DO QUARTO MANDAMENTO.
1-  Eliminação do povo de Deus. Êxo. 31.14; 35.2.
2-  O povo de Israel não entrou no descanso da Terra Prometida por Ter profanado o Sábado.
3-  Foram levados ao exílio por esta mesma razão. Ezeq. 20. 16-21; Jer. 17.27.
BENÇÃO DIVINA PARA O OBSERVADOR DO SÁBADO. Isa. 58.13-14.

APELO: A ÚNICA MANEIRA DE OBSERVARMOS O SÁBADO CORRETAMENTE É PASSANDO PELA CONVERSÃO. Gál. 5.6 e 6.15. Aí observaremos o Sábado motivados pela fé e pelo amor ao Senhor.

FONTES: A Ética dos 10 mandamentos, H.U.Reifler, pág. 87-97.Vida Nova   Princípios de Vida, pág. 141-149.

Pr. MARCELO CARVALHO DEZEMBRO DE 1997 SP

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

AGENTE NOTA 10



AGENTE NOTA 10
Marcelo Augusto de Carvalho


Êxodo 20.7

Na famosa década de 60 surgiram os famosos filmes do agente 007. Quem quando menino, sugestionado por tais filmes, nunca pensou em ser um agente especial? Mas você pode. Na verdade já é. Basta assumir sua identidade, mas que não é secreta!

- Literalmente poderíamos traduzir: “Não usar o nome de Deus para o mal”.
- Para o judeu, o nome está intimamente ligado à pessoa, indicando seu caráter ou o caráter de seu pai (Êxo. 3.13; Mat. 1.21), ou ainda denotando a posição  e função de quem traz o nome (Êxo. 23.21).
- Só é possível quebrar este mandamento porque Deus revelou-Se, bem como Seu nome.  Ele disse: “Eu Sou”, “O Senhor”, “El Shadai”, ou o grande “YHWH”- Yaweh, Jeová.

COMO OBSERVAR ESTE MANDAMENTO?
1-    Jamais devemos amaldiçoar alguém.
2-    Jamais empregar o nome de Deus sem pensar, seja em qualquer circunstância.
a) O mandamento não proíbe o uso do nome de Deus, e sim o uso indevido.
3-    Jamais invocar Seu nome em cerimônias ocultas, quando sabemos que Ele não nos permitiu estarmos ali. EX- Balaão ao amaldiçoar Israel.
4-    Jamais jurar levianamente, e ainda usar Seu nome para comprovar nosso juramento. EX- Pedro ao negar que seguia a Cristo.
a)   O mandamento não proíbe o uso do nome do Senhor em juramentos verazes.
b)   Na verdade, ao fazê-lo assim, a pessoa mostrava a toso que era adoradora de Jeová.
c)    Mas fora dos juramentos, o nome de Deus era pronunciado apenas 1 vez por ano, em Israel, quando o sumo sacerdote abençoava o povo no grande dia da expiação. Lev 23.27.
5-    Jamais falar uma mentira e ainda usar Seu nome para mostrar que o que falamos é verdade. Lev. 19.12.
6-    Jamais pronunciar o nome de Deus para fins de mentira ou vício de qualquer espécie.

25 de maio - Suas Verdadeiras Cores
Sempre tive um pouco de inveja das famílias européias cujos ancestrais têm um brasão, uma insígnia que representa a família. Se você já teve um distintivo dos desbravadores na manga, já usou um brasão. Talvez já tenha visto uma âncora nas roupas dos marinheiros. Ela também é um tipo de insígnia.
Na Europa, quando os exércitos tinham que mostrar suas cores, significava que deviam mostrar suas insígnias, mostrar por quem lutavam. As marinhas mostram suas cores hasteando uma bandeira de seu país no navio, para que todos saibam de onde é aquele navio. Durante um certo tempo, as pessoas podiam confiar no que viam. Mas aí veio alguém e tirou vantagem da fé que as pessoas tinham nas cores que eram mostradas.
Ninguém sabe de quem foi a idéia, mas o fato é que algum pirata planejou usar falsas bandeiras para navegar em águas nas quais nunca poderia navegar se mostrasse suas verdadeiras "cores". Sob um disfarce de amizade, os navios piratas atracavam ao lado dos navios mercantes e depois saqueavam os mesmos, levando tudo que podiam.
No momento certo, os piratas mostravam suas verdadeiras cores, baixando as bandeiras falsas e hasteando a verdadeira bandeira - aquela com a caveira e os ossos cruzados na frente para que os outros navios soubessem quem eles realmente eram.
Acredito que as crianças têm apenas uma cor. A Bíblia comprova esta opinião. Leia I João 3:7: "Aquele que faz o que é direito é justo, assim como Cristo é justo." Acho que Jesus aconselhou os adultos a serem como crianças porque elas geralmente são sinceras e bondosas, e desejam agradar os outros. Se você não tira vantagem de outras pessoas e não gosta de magoar ninguém, e ainda tenta tornar a vida dos outros mais feliz, é óbvio que está mostrando suas verdadeiras cores como um filho de Deus.
Você está caminhando em direção ao Céu. NANCY

7-    Devemos evitar usar expressões como: “Deus me livre”, “se Deus quiser”, “Deus é testemunha”, “juro por Deus”,  etc.
8-    A maior maneira de guardar este mandamento é SANTIFICAR SEU NOME POR MEIO DE NOSSA VIDA.
a)   O maior meio de santificar o nome de Deus é dizer a todos que somos cristão e viver à altura do caráter deste santo Deus.
b)   Talvez este quase desconsiderado mandamento seja o mais transgredido pelos cristãos, porque dizemos algo e fazemos o contrário. Falamos que somos filhos de Deus, mas somos avarentos, orgulhosos, presunçosos, ladrões no emprego ou nos dízimos, maus operários, irresponsáveis pais de família, frios na fé cristã ou no envolvimento missionário da Igreja.

IJ2000-142 - Conhecido Pelo Nome - Tiago 2: 7.
Alexandre o Grande, um dos mais renomados generais militares que já viveu, conquistou quase todo o mundo conhecido da época com seu enorme exército. Certa noite, durante urna campanha, ele estava irrequieto e saiu de sua barraca para caminhar pelo acampamento. Enquanto caminhava, acabou encontrando um soldado dormindo no posto de serviço, urna falha grave. A penalidade por dormir em serviço geralmente era a morte.
O soldado começou a acordar à medida que Alexandre se aproximava dele. Notando quem estava à sua frente, o homem temeu por sua vida.
- Você conhece a penalidade por dormir quando está de guarda? - perguntou Alexandre.
- Sim, senhor - respondeu assustado o jovem soldado.
- Soldado, qual é o seu nome? - exigiu Alexandre.
- Alexandre, senhor.
- Qual é o seu nome? - ordenou Alexandre novamente.
- Meu nome é Alexandre, senhor - repetiu o soldado.
Alexandre perguntou urna terceira vez, mais alto ainda:
- Qual é o seu nome?
- Alexandre, senhor - respondeu timidamente o soldado.
Alexandre, o Grande, olhou bem nos olhos do jovem.
- Soldado, ou você muda de nome, ou muda de conduta.
Corno soldados no exército de Deus, cada um de nós tem o nome de nosso Comandante, CRISTÃO. OS não cristãos nos julgam por nossas atitudes. Porém, mais importante ainda, eles julgam a Cristo também! Através de nossas ações, outros podem ser levados a crer que Jesus é irracional, rude, intolerante, impuro ou de pavio curto. Um pensamento assustador, não é?
Com a ajuda de Deus, vamos decidir que nossas ações nos revelarão - e Àquele que nos deu Seu nome - corno pessoas justas, gentis, tolerantes, puras e, acima de tudo, amorosas. CAROLYN

c) Jesus disse que seríamos a luz do mundo, o sal da terra. Mas que se esta qualidade fosse perdida, perderíamos nossa missão, seríamos jogados fora para que os homens nos pisassem. Ele disse que seria melhor amarrarmos uma corda em nosso pescoço e nos atirar ao mar do que escandalizar alguém.
FONTE: A ética dos 10mandamentos

30 de agosto - O Mundo Precisa de Sabor – Mateus 5.13.
Quero que você pense na maior igreja em que já esteve.
Agora ouça esta descrição e veja como a maior igreja onde você esteve se compararia com esta igreja.
O teto tem 22 metros de altura. Essa igreja levou seis anos para ser construída e tem lugar para cerca de 5.000 pessoas sentadas. Talvez alguns de vocês já tenham ido a uma igreja tão grande, mas provavelmente nenhum de vocês já esteve numa igreja como esta. Para começar, ela está quase 245 metros dentro da montanha. Além disso, foi esculpida em puro sal. Isto mesmo, sal! Essa igreja fica em Zipaquira, na Colômbia. Fica numa mina de sal, e o teto de 22 metros de altura é apoiado por colunas que também foram esculpidas no sal. Mas, como está enterrada na terra, você poderia entrar nessa igreja e nem saber que estava numa igreja.
Talvez, às vezes sejamos como aquela igreja enterrada. As pessoas sabem que você ama a Jesus? Será que elas podem, através do que você diz e faz, saber que você é seguidor de Jesus? Ou as pessoas passam por você sem saber que você é cristão? Você falou de Jesus para alguém ultimamente?
Jesus disse que somos o sal da terra. Não disse que éramos o sal na terra. Não deveríamos esconder a boa notícia que nossos amigos e vizinhos precisam saber, a boa notícia de Jesus ter morrido por nossos pecados, e assim podermos ser salvos se apenas aceitarmos Seu dom da salvação.
O sal faz a comida ter um sabor melhor se for usado no momento certo, e em quantidade certa. Permita que todos saibam através de suas palavras e ações que você ama a Jesus. Seja o sal que dá um sabor agradável, tão necessário à vida de todo homem e mulher, garoto e garota: o sabor agradável que só Jesus pode trazer à vida de uma pessoa. JIM

- Deus é santo, e importa que os que o servem sejam como Ele é.
- Não seja um agente secreto. Para deus isto não vale. Todo agente Seu dá a cara pra bater! Testemunha em Seu favor!
- Você é um agente do Senhor. Que tipo de trabalho está fazendo por Ele? Você representa bem seu Amigo Superior?


Pr. Marcelo Augusto de Carvalho SP 1997

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

As 7 ultimas frases de Jesus na Cruz

1-"Pai, perdoai-os porque eles não sabem o que fazem." (Lucas 23:34).
2-"Em verdade eu te digo hoje estarás comigo no Paraíso." (Lucas 23:43).
3-"Mulher' Eis aí o seu filho...Então disse ao discíplo:Eis aí tua mãe... " (João 19:26-27).
4-"Elí, Elí, lama sabactani? (Deus, meu Deus, por que me abandonaste?)" (Mateus 27:46 e Marcos 15:34).
5-"Tenho sede". (João 19:28)( ver  (Hebreus 4:14-15))
6-"Está consumado" (João 19:30)
7-"Pai, em tuas mãos entrego meu espírito". (Lucas 23:46)



PRESENÇA SUTIL



Marcelo Augusto de Carvalho

EXODO. 20.4: esculturas.

Você já conheceu alguém muito rico, inteligente ou até importante mas que deseja ficar no anonimato, ser discreto ou quase imperceptível? Nestes tempos em que todos querem ser famosos e aclamados pelas multidões, isto até parece lenda. Mas por incrível que possa parecer a Pessoa mais importante do Universo é assim. Deus prefere ser uma PRESENÇA SUTIL em nossa vida. Vejamos como.

§  Este mandamento fala de nossa perspectiva de Deus.
§  Como O vemos? Qual é a dimensão do nosso Deus? Podemos fazer projeções e formar imagens de Deus ou de Jesus? Como Ele se revela? Não é natural que concebamos representações ideológicas ou projeções religiosas de Deus?
§  O que é uma imagem?  - Denota uma representação material de um animal, de um ser humano ou de uma forma mista, usada para propósitos de adoração; para denotar uma relação entre Deus e o homem.
§  É a representação de alguma coisa real ou irreal, física ou metafísica, por desenho, pintura, escultura ou projeção humana.

Este mandamento declara explicitamente:
1.    De que natureza Deus é e com que modalidade de culto deve ser adorado e honrado, para que Lhe não ousemos atribuir algo sensório.
2.    Deus não quer que Seu legítimo culto seja profanado mediante ritos supersticiosos. Por isto Ele afasta totalmente as insignificantes observâncias materiais que nossa mente tão finita  costuma inventar quando O concebe.
3.    Seu legítimo culto é espiritual, e estabelecido e instruído por Ele mesmo, e não pelos desejos humanos de cultuá-Lo.
4.    As formas mais grosseiras de idolatria são: idolatria exterior,  e um culto feito sob o “que o ser humano acha que deve ser” e não como Ele gostaria que fosse.

OBS- Alguns pastores, professores e líderes da igreja conceituaram o culto divino como algo que deve ser “atrativo para os jovens”. Eles querem fazer um culto gostoso aos sentidos humanos, para que não faltem adoradores na casa de Deus. Mas seu enfoque está equivocado. Porque?
a) O culto não é feito para o adorador e sim para O adorado. Não importa quantos adoradores há em nossa igreja no Sábado pela manhã. É claro que seria muito bom que nosso templo estivesse sempre lotado. Mas o que mais deve nos comover é se Deus realmente estará conosco e aceitará “esse nosso culto”. O homenageado é Deus e não os ouvintes. Se o culto é um presente a Ele, devo oferecê-lo como Ele deseja. Ë assim que fazemos quando presenteamos a alguém.
b) A parte principal do culto não é a música, as apresentações que possam existir ou falatórios bonitos, mas a adoração espiritual a Ele. O culto também não é primordialmente evangelístico, mas para adoração. E o AT mostra-nos isto claramente. O templo de Jerusalém não possuía o aspecto evangelístico que hoje estamos querendo colocar em nossos cultos. Os pagãos deveriam assistir os cultos no templo, e impressionados com a grandeza, misericórdia e poder de Jeová, se converteriam a Ele e passariam também a adorá-lo com os israelitas.  Talvez hoje, o nosso culto seja tão fraco no evangelismo por este motivo: estamos apresentando excelentes conjuntos, lindos sermões, mas nunca a adoração verdadeira que o Criador merece. Palavras ou música não transformam ninguém, se antes a Pessoa do Criador não for apresentada.

COMO OBSERVAR ESTE MANDAMENTO?

1-  Jamais devemos fazer deuses fundidos, isto é, construir deuses ou imagens divinas através do processo de fundição. Êxo. 34.17.
a)  também são proibidas imagens de seres vivos, como animais, homens ou mulheres. Deut. 4.15-18.  Israel chegou a usá-las. I Reis 12.28-31.
2-  Os passos que nos levam à idolatria não começam quando fundimos deuses, mas quando às costas a Deus. Lev. 19.4. Portanto todos nós somos, em potencial, idólatras. Para não cair  neste pecado, precisamos vigiar sempre, procurando desenvolver um relacionamento genuíno com Jesus a cada dia.
3-  Jamais devemos reverenciar as estrelas, o sol e a lua. Deut. 4.19-20.
A astrologia (arte metafísica de adivinhar por meio de astros)  não tem nenhuma ligação com a astronomia (ciência moderna e avançada que estuda a constelação física das estrelas e o universo em geral). A astrologia não tem nenhuma base científica.
4- O casamento misto (cristão com incrédulo) pode nos levar à idolatria.
a)  Na vida a dois, pela associação diária, o cristão vai perdendo seus valores e conceitos espirituais. Perde a noção do certo e do errado, e facilmente passa a adorar coisas e idéias contrárias ao primeiro mandamento.
b) O incrédulo é incrédulo porque vive para este mundo e ao que ele oferece. Não deseja viver conforme as expectativas de Deus. Valoriza então como seu deus o dinheiro, os prazeres do mundo, a posição, etc. O cônjuge cristão poderá facilmente passar a adotar esses princípios errados em sua vida também.
c)  EX- os filhos de Sem, as filhas de Ló, os israelitas, Sansão- todos estes são exemplos desta verdade bíblica.
d) “Ligaram-se matrimonialmente com os cananeus, e a idolatria espalhou-se como uma praga por toda a terra”. Patriarcas e Profetas, pág. 582. Salm. 106. 34-40.
5- As associações, convivência com incrédulos e mesmo acordos de todos os tipos podem levar o cristão ao mesmo nível do cônjuge casado com um incrédulo. Os motivos acima citados são válidos para ambos os casos. 
a) Israel, quando entrou em Canaã associou-se aos cananeus em vez de destruí-los. Com o tempo tornaram-se piores do que os ímpios cananeus.
1-  Ezequiel traz uma nova dimensão a este mandamento, dizendo que ele deve ser observado no coração. Ezeq. 14.1-11.
a)  os deuses do coração não são visíveis, passivos de disciplina da sociedade, ou da igreja, mas certamente nos desviam do Senhor e contaminam o pensamento e a vida cristã, tanto quanto os ídolos visíveis o fazem.
6- Jamais devemos aceitar adoração humana.
a)  Paulo e Barnabé guardaram este mandamento, sobretudo quando não aceitaram serem adorados pelos homens e mulheres de Listra. Atos 14. 8-18.
7- A conversão deve levar o novo crente a abandonar os ídolos e os ritos e livros de magia, que também fazem parte da idolatria.
a)  Paulo levou os efésios a este ponto quando os evangelizou. Atos 19.18-19.
b) Deus deseja nossa conversão das ferraduras, dos pés de coelhos e de todas as outras formas de superstição, projeções humanistas e idolatria.
8- Buscar primeiro o reino de Deus, antes de todas as demais coisas. Mat. 6.33.
a)  No sermão do monte, Jesus, o grande doador e intérprete da Lei, mostrou como observá-la. E o capítulo 6 de Mateus nos mostra como Ter a Deus em primeiro lugar em nossa vida, e como não possuir outros deuses além dEle.
b) A comunhão pessoal, a santificação diária, e a dedicação a Seu serviço nos educarão a colocá-Lo sempre em primeiro lugar em nosso viver. E nossa visão será desviada das coisas materiais e temporais (trabalho, dinheiro, sobrevivência, status, posições e riquezas- deuses naturais do coração humano) para Ele, nosso Criador, Redentor e Deus.

CONSEQÜÊNCIAS DE NÃO OBSERVARMOS ESTE MANDAMENTO.

1-  Maldito e abominável a Deus será, e o povo dirá amém. Deut. 27.15.
2-  Castigo, exílio, vergonha e destruição total desta vida. Quem não toma cuidado com a idolatria visível ou invisível, mais cedo ou mais tarde terá sua vida destruída como conseqüência natural de seu pecado. Perderá tudo o que conseguiu para sua prórpia destruição. (Dinheiro, emprego, imóveis, móveis, posições, fama, prazeres, e pode ser que até mesmo a família, a saúde e a vida).
a)  Israel (as 10 tribos). Todos os reis de Israel tanto toleraram a idolatria com incentivaram-na no país, e alguns, como Acabe, casaram-se com mulheres de outras nações, idólatras, para que sua idolatria fosse completa. Sua principal forma de idolatria eram os postes-ídolos e árvores ao lado do altar ou colunas. Resultado: bem mais cedo do que Judá, em 722  A.C. Israel foi invadido, levado cativo e praticamente destruído pelos assírios. Nunca mais as 10 tribos do norte figuraram em algum lugar como uma nação independente. Muitos foram mortos, muitas famílias foram destruídas ou separadas para sempre, além do que entraram num sincretismo religioso do qual nunca mais se separaram.
b) Judá. Houve os chamados reis maus, que fizeram o que Deus não queria e ainda apoiaram a idolatria; os reis bons, que fizeram o que Deus queria, mas toleraram a idolatria; os reis excelentes, que fizeram o que Deus queria e ainda derrubaram os lugares altos e proclamaram reformas no meio do povo- Ezequias e Josias. Resultado: demoraram bem mais tempo do que Israel para irem ao cativeiro, mas ele veio, em 605 e depois definitivamente em 586 A.C., quando Jerusalém foi destruída, o belíssimo templo de Salomão virou cinzas e todo o povo, a não ser os inválidos da sociedade foram deportados para a Babilônia. Mas, devido a esta relativa devoção, Deus ainda lhes deu nova chance de continuarem sendo Seu povo, e de cumprirem Seus desígnios.
c)  Depravação total do caráter. EX- os cananeus, nos servem como exemplo de tudo o que acontece com os povos idólatras do mundo.
- Tornaram-se semelhantes aos deuses que adoravam. Sal. 115.8. Tornaram-se então sanguinários, cruéis, sensuais, promíscuos e desenfreados.
- Baal, e Astarote, sua esposa, eram seus principais deuses. Os Baalins eram imagens de Baal. Asera era um poste sagrado, cone de pedra, ou um tronco de árvore, que representava a deusa.
- Os “Lugares Altos”, como já vimos seu principal lugar de adoração, continham imagens e placas ornamentais de Astarote, exibindo, grosseriramente exagerados, os órgãos sexuais, destinados à provocação de desejos sexuais.
- Seus sacerdotes, escolhidos a dedo e muito honrados e venerados, eram homossexuais, sodomitas e prostitutas.
- Haviam as sacerdotizas e sacerdotes que viviam para estas funções. Os cananeus eram povos agrários, e dependiam totalmente da chuva, do sol e dos campos para viverem. Por isto, cultuavam Baal, seu maior deus, mantendo relações sexuais com as sacerdotizas. Ejaculavam seus espermatozóides na terra para que seu deus lhes enviasse a chuva e a fertilidade que precisavam, tanto na agricultura como no casamento.
- Havia também o costume de, quando a menina tivesse sua primeira menstruação (menarca), era levada ao templo para oferecer sua virgindade a serviço dos deuses, sendo usada sexualmente pelos homens que iam ao templo para adorar. Algum tempo depois voltava para seus pais para seguir sua vida normal.
- O menino, ao atingir a idade de 12 anos, era feito “efebo” de um homem adulto, que bem poderia ser casado ou não. Acreditavam que tendo relações homossexuais com homem mais velho, e andando com ele, o menino desenvolveria suas capacidades naturais, amadureceria para as responsabilidades futuras, e sua masculinidade seria fortalecida. Portanto, era muito comum os homens serem bissexuais.
- Em muitas oportunidades o filho primogênito poderia ser sacrificado aos deuses. A Baal; quando se ia construir uma casa, cujo corpo da criança era metido no alicerce, a fim de trazer felicidade para o resto da família; e outras ocasiões de agradecimento.
- Por isto não nos choca a idéia de Deus em destruí-los completamente.
FONTE: Manual Bíblico, H.H. Halley pág. 129. Editora Vida Nova.
3-  A idolatria, além de cortar nosso relacionamento com Deus, nos deprava tanto que nos tornamos covardes e incapazes diante dos desafios da vida.
- foi o que ocorreu com os israelitas no tempo dos juízes. Não tinham coragem nem força de enfrentarem seus inimigos em nome do Senhor. ( Leia todo o capítulo “Os Primeiros Juízes”  do livro Patriarcas e Profetas, Ellen White, CPB).
4- A idolatria dos pais certamente afetará o caráter dos filhos, levando-os também às mesmas conseqüências.
a) Israel: “... os pais haviam preparado o caminho para a apostasia de seus filhos. O desacato às instruções do Senhor disseminou sementes de males, as quais continuaram a produzir amargos frutos por muitas gerações”.  Patriarcas e Profestas, pág. 583.
5- Perda desta vida, como da vida eterna. I Cor. 6.9-10.
a) EX- o jovem rico: perdeu suas riquezas na destruição de Jerusalém, bem como sua salvação eterna.  Desejado de Todas as Nações, pág.

CONSEQÜÊNCIAS POSITIVAS PARA QUEM OBSERVAR ESTE MANDAMENTO.
1.    Deus concede Sua eterna misericórdia a quem observa este mandamento. Êxo. 20.6.
2.    Sua misericórdia renova-se a cada dia sobre o fiel. Joel 2.12-13.
3.    O fiel torna-se santo, puro e semelhante ao Criador. Deut. 4.15-19. EX- Gideão, Josias, Ezequias e Daniel e seus 3 amigos.

APÊNDICE
PORQUE O HOMEN FAZ IMAGENS DE DEUS? Porque é tão natural para o homem fazer projeções da divindade? Como explicar a idolatria em todas as épocas, em todas as civilizações e em todos os homens no mundo? Por que o homem não se dá por satisfeito só com Deus?
ü  Deus é invisível, mas as imagens são visíveis. Através do visível, o homem busca segurança. Psicologicamente é muito mais fácil dominar o visível do que o invisível.
ü  Um deus visível pode ser alterado, modificado, manipulado. E o homem que cria uma imagem mais cedo ou mais tarde  vai abandoná-la. Como este deus é impessoal, é fácil desistir dele pois não há relacionamento, e sem relacionamento não há compromisso.
ü  Como as imagens podem ser manipuladas, fica confortante a idéia de mudar meu deus segundo minhas aspirações e planos egoísta. Na verdade, a religião do idólatra é SEU PRÓPRIO EU.

PODEMOS USAR FIGURAS, ILUSTRAÇÕES VISUAIS PARA REPRESENTAR AS LIÇÕES DA BÍBLIA?
ü  Não há qualquer problema, desde que estas ilustrações não estejam desvinculadas com a mensagem bíblica, e que não sejam encaradas  como “realmente foi assim que ocorreu”, ou que sejam usadas para veneração.
ü  Deus Pai e Deus Espírito Santo jamais devem ser representados graficamente por meio de imagens, pois Ele não podem ser concebidos pela mente humana, e fazê-lo, diz o segundo mandamento, é pecado. Jesus pode ser concebido porque tomou a forma humana, e nesta dimensão podemos até representá-lo. Mas jamais pensarmos em Sua forma divina.
ü  As ilustrações devem ser usadas com fins educativos, para que a exposição da verdade fique mais fácil e atraente para o ouvinte.
 Fonte: A ética dos 10 mandamentos.

APELO: DEUS É INCOMPARAVELMENTE E DEUS. É ESPÍRITO E IMPORTA QUE ASSIM SEJA ADORADO-  João 4. 20-24.
FONTE: A ética dos 10 mandamentos, H.U.Reifler, Vida Nova 


Pr. MARCELO AUGUSTO de CARVALHO SP 1997

domingo, 23 de julho de 2017

Michelson Borges em Criciuma

Nesta sexta feira(21) de Julho(2017) estive na Igreja Adventista do Sétimo dia de Criciúma onde esteve presente o Jornalista,Escritor,Youtuber,Pastor e mestre em teologia, Michelson Borges, natural de Criciúma e vivendo em Tatuí SP o pastor trouxe-nos uma palestra intitulada : Minha luta a História da minha conversão, na ocasião Michelson apontou os principais movimentos que atuam contra o Cristianismo, o Marxismo, Espiritismo, Evolucionismo e o Feminismo, e suas relações entre si e com o Livro de 1953 de Charles Darwin: A origem das espécies, também enfatizou a importância da santificação e da leitura e prática da Bíblia Sagrada.
Uma palestra que ilustra bem o viver do jovem Cristão e das armadilhas que estão a nossa volta, realmente uma ótima pessoa e um sábio ser humano
Agradeço a Deus pela oportunidade de conhecer esse irmão na fé e referencia na área do jornalismo cristão.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ciência Soviética | Nerdologia 169

A Ciência Nazista | Nerdologia 163

O holocausto aconteceria de novo? | Nerdologia 245

Existe político honesto? | Nerdologia 241

Os poderes da Mística e o mimetismo | Nerdologia 207

O sono e os sonhos | Nerdologia 195

Numerologia e coincidências | Nerdologia 181

Como melhorar o Pokémon GO | Nerdologia Tech 01

Dinheiro | Nerdologia 161

De onde vêm os signos | Nerdologia 153

Batman vs Superman | Nerdologia 127

Vivemos na Matrix? | Nerdologia 126

Sexismo | Nerdologia 125

Cadê os aliens e criaturas bizarras? | Nerdologia 123

Teorias da Conspiração | Nerdologia 122

Dinheiro traz felicidade? | Nerdologia 114

Os poderes da Lince Negra | Nerdologia 99